Escolher o melhor modelo de climatização do ambiente não costuma ser uma tarefa fácil. Existem alguns fatores que influenciam na hora da compra, e não se atentar a isso pode custar um prejuízo desnecessário ao seu negócio.

Para te ajudar nesta escolha, preparamos uma série de dicas simples e diretas para fazer a melhor compra de climatizador para o seu ambiente de trabalho, com dicas que ajudem na escolha do melhor aparelho.

Com uma análise mais ampla do ambiente, dos recursos disponíveis e dos detalhes que estão neles, a climatização pode ser bem mais fácil e econômica do que parece.

Quais são os sistemas de climatização disponíveis no mercado?

Antes de falarmos das opções de climatizadores em si, é necessário considerar a utilidade deles. E isso inclui não apenas refrigerar o ambiente, mas a extensão do local e a frequência com que o climatizador vai ser utilizado.

Apenas com esses detalhes em mente já é possível filtrar as opções de climatização. Quanto à climatização em si, você pode considerar dois fatores: os tipos de climatizadores e as fontes dos mesmos. É a combinação de ambos que faz o seu ambiente de trabalho ficar mais agradável.

Vejamos como eles funcionam, com sugestões de quais ambientes são mais adequados para seu uso.

Fontes de Energia

Biomassa

São as conhecidas lareiras, e os pellets, sistemas de condução de calor através de granulados de madeira, vindos de sobras de indústria de madeira e trabalhos similares. Por ser um sistema fixo, requer uma análise aprofundada do ambiente e das condições de instalação.

É uma boa indicação para ambientes industriais, inclusive como uma forma sustentável de climatização.

Bomba de Calor Geotérmica

Mais indicados para ambientes rurais ou que possuam uma boa quantidade de terra e água, a bomba de calor geotérmica é ao mesmo tempo uma fonte renovável e uma fonte não renovável. As bombas de calor são instaladas no solo, e fazem uso de sua biodinâmica para climatizar o ambiente ao redor.

Como o aparelho depende de energia elétrica, seu uso é mais indicado para ambientes naturais.

Solar Térmico

Esse sistema utiliza painéis solares combinados a geradores para climatização do ambiente. Embora econômico, seu uso é mais viável em épocas de temperaturas altas, já que seu uso é mais adequado para aspectos específicos do ambiente, como o sistema sanitário, por exemplo.

Use o sistema Solar Térmico em combinação com outros tipos de climatizadores. Além de econômico, ele torna o ambiente ainda mais higiênico.

Solar Térmico e Biomassa

É a combinação do solar térmico e da biomassa. Aqui, a vantagem é que ele pode ser usado em grandes ambientes, principalmente os residenciais, a qualquer época do ano, já que ambos atuam em sinergia para climatização do ambiente, e manter a área sanitária higienizada.

Em contrapartida, é necessária uma ampla adaptação para que seja feito um bom uso de suas estruturas.

Tipos de Climatização

Os tipos de climatização podem se relacionar tanto com o modelo do aparelho quanto com a finalidade dele. Aqui, considere os usos principalmente para refrigeração, que sãos os mais procurados tanto nos setores comerciais, como industriais e residenciais.

Vejamos como os diferentes tipos de climatização se comportam.

Fixa

São sistemas instalados e mantidos em um local pré-determinado no ambiente em questão. Podem cobrir áreas pequenas ou instalações completas dependendo do seu tamanho e suporte através de dutos de ar e outras adaptações similares.

ar-condicionado, em seus vários formatos — do split ao piso teto —, é o melhor exemplo de climatizadores fixos.

Móvel

Como o nome indica, podem ser movidos com facilidade para vários locais. Por padrão, cobrem ambientes pequenos, mas sua utilização é mais econômica e controlada.

Quais os detalhes do ambiente que devem ser considerados na hora da climatização?

A lista de climatizadores é bem variada, mas sem considerar todos os fatores no ambiente profissional onde ele será utilizado, de nada adianta o seu investimento. Existem alguns fatores simples sobre o espaço climatizado a serem considerados. Vamos citar alguns para que você possa ter uma ideia de como ela funciona.

Tipo de Isolamento

O tipo de isolamento determina o quanto as instalações absorvem o calor externo e o quanto elas o redistribuem para dentro. Um local com isolamento térmico, por exemplo, costuma ser mais arejado, enquanto o isolamento acústico tende a esquentar mais o ambiente.

Nestes casos, um climatizador fixo — como um ar-condicionado — pode ser a solução mais adequada, sobretudo em prédios e grandes galpões. O tamanho irá variar com a extensão do local, mas uma sala dedicada para o climatizador, com as adaptações para todo o ambiente, é uma saída econômica para o seu negócio.

Extensão do Espaço

É o principal fator que vai determinar o tipo de climatização que o ambiente precisa. Este, junto ao fator “equipamentos e circulação”, do qual falaremos a seguir, pode ser facilmente mensurado em cálculos, filtrando as melhores opções dentro dos seus recursos disponíveis.

Segmentos executivos, por exemplo, podem depender apenas de um bom climatizador móvel, versátil o suficiente para atender várias situações. Já segmentos industriais, que necessitam de um equilíbrio entre equipamentos e pessoal, podem combinar tanto climatizadores móveis como fixos, adaptando-se com maior facilidade às necessidades do negócio.

Equipamentos, Circulação de Pessoas e Tempo de Uso

Pode variar de acordo com o segmento, mas este é o segundo fator mais importante. Por vezes, um climatizador móvel como um exaustor pode ser a solução para uma sala pequena em comparação a um ar-condicionado split.

Aumente este escopo para equipamentos e ambientes de ampla circulação, e entenderá. Em grandes locais, climatizadores fixos são necessários, desde que sua temperatura ou mesmo tempo de uso sejam regulados de acordo com a circulação real. Em ambientes industriais, por exemplo, isto é possível.

E não se esqueça de pontos simples, como uma boa limpeza para retirar poeiras e outros detritos; fazer revisões periódicas do equipamento, para atestar sua eficiência; e limpeza ou mesmo troca de filtros, essencial para evitar a proliferação de doenças respiratórias através dos climatizadores.

Juntando as especificações técnicas dos tipos de climatizadores, suas fontes de uso e as necessidades dentro dos ambientes em questão, é possível escolher com segurança quais são os melhores climatizadores para o seu negócio. Tudo de maneira econômica e prática.

Gostou das dicas do nosso texto? Não deixe de assinar nossa newsletter! Temos informações exclusivas e interessantes de climatização para o seu negócio, e como direcioná-lo da melhor forma. Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *