Os climatizadores evaporativos são condicionadores de ar mais baratos e mais rentáveis que os tradicionais. Eles criam ar frio usando muito menos energia e, por isso, não é de admirar que sejam uma opção atraente para quem quer poupar dinheiro, seja em casa, seja em qualquer tipo de indústria e comércio.

Para mostrar como funciona o climatizador evaporativo e como ele pode ser uma excelente opção para sua casa ou empresa, elaboramos este post. Acompanhe!

Como funciona o climatizador evaporativo

O resfriamento evaporativo é bastante simples e ocorre naturalmente a cada dia no mundo que nos rodeia. Por exemplo, suar no calor é uma forma de resfriamento evaporativo, em que o seu corpo produz suor, que evapora e permite que ele esfrie.

Você também pode sentir os efeitos do resfriamento evaporativo quando sai de uma piscina em dia quente e imediatamente sente um calafrio. A temperatura e a pressão de vapor da água tentam igualar com o ar e, como resultado, as moléculas de água se transformam em moléculas de gás. Uma vez que o ar circula naturalmente, a área em torno dele é resfriada.

Para resfriar de forma consistente o espaço no qual está instalado, o climatizador evaporativo faz algo similar a esse fenômeno natural, usando um ventilador para extrair o ar quente, que passa sobre almofadas umedecidas em água. Durante esse processo, o ar é esfriado até 20ºC. Em seguida, o ar fresco, rejuvenescido, é distribuído para todo o ambiente.

Mais eficaz em dias secos e quentes

Os climatizadores evaporativos têm maior eficácia durante os horários mais quentes do dia e quando os níveis de umidade estão abaixo de 50%.

Para supermercados, indústrias têxteis, escolas e igrejas, a climatização evaporativa é ideal, já que permite que portas e janelas fiquem abertas, deixando o espaço fresco e climatizado de forma agradável.

Portas e janelas abertas durante o funcionamento

Para o climatizador evaporativo trabalhar eficazmente, algumas janelas ou portas exteriores precisam estar abertas ou deve ser fornecida outra forma de ventilação. Isso é necessário para permitir que o ar quente escape para fora do edifício. Quando está úmido, os níveis de evaporação são mais baixos. Isso significa que o efeito de resfriamento fica reduzido.

Em algumas situações, ligar o aparelho no modo de “ventilação” e executar o ventilador em alta velocidade ajuda a reduzir a umidade e melhorar a eficiência na evaporação.

Possibilidade de controlar o resfriamento em diferentes áreas

Você pode alterar o arrefecimento em diferentes áreas mudando o ambiente onde tem janelas e portas abertas. O ar frio toma o caminho de menor resistência para o ar exterior (empurrando o ar quente para fora no caminho). Então, se você fechar uma janela em um cômodo e abrir a porta interna, o ar frio vai passar para outras áreas onde há uma abertura externa.

Tamanho eficaz para cada espaço

Para obter os melhores resultados de seu climatizador evaporativo, é preciso comprar o modelo correto para o seu espaço, de acordo com o tamanho e a eficiência máxima desejada. Por exemplo, um refrigerador de água por evaporação muito pequeno para a sua área terá que trabalhar duro para manter o espaço conforme desejado, e isso vai gerar desperdício de energia.

Quanta manutenção exige um climatizador evaporativo?

Esse equipamento necessita de pouca manutenção geral: limpezas básicas, armazenamento adequado e desligar o aparelho são os principais fatores para determinar o desempenho e a vida útil dele.

O filtro de água e as cortinas do cooler por evaporação devem ser limpas uma vez a cada duas semanas com água morna e detergente suave para evitar poeira, sujeira, mofo e bolor, se o dispositivo for usado por longos períodos de tempo. A caixa externa também deve ser limpa periodicamente com pano úmido.

Ficou com alguma dúvida? Você conhecia como funciona o climatizador evaporativo? Já pensou em substituir o ar-condicionado tradicional por esse aparelho? Escreva nos comentários suas impressões e participe do nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *