climatização do ambiente de trabalho influencia diretamente nos resultados de um empreendimento. Isso acontece porque, em condições pouco apropriadas, a produtividade dos profissionais acaba sendo comprometida. Por outro lado, em um ambiente com uma climatização de qualidade, os profissionais encontram mais conforto para exercerem suas atividades com segurança e eficiência.

Entenda como a climatização do ambiente pode impactar na sua performance laborativa e elevar a sua taxa de produtividade.

As melhorias nas condições de trabalho e a climatização no ambiente

Muitos avanços aconteceram nos direitos trabalhistas ao longo do tempo, especialmente em termos de segurança para os profissionais.

Em tempos mais longínquos, a exposição a situações de risco acontecia regularmente, principalmente a condições térmicas extremas, que prejudicavam a saúde física e emocional dos trabalhadores.

Nesse sentido, foi desenvolvida toda uma legislação com intuito de garantir uma série de direitos, como condições mais seguras e dignas de trabalho.

Assim, uma regulamentação do Ministério do Trabalho estabeleceu a chamada zona de conforto térmico para os ambientes, que no verão devem variar 20°C e 24°C e no inverno entre 23°C e 26°C. A umidade relativa do ar nesses locais também deve estar entre 40% e 80%.

Essas normas de climatização, além de garantirem a qualidade do ambiente de trabalho, ainda impactam positivamente na produtividade dos profissionais, produzindo, assim, ganhos para os negócios.

Produtividade e climatização

A produtividade diz respeito à quantidade de trabalho realizado em um espaço de tempo específico. Ou seja, o quanto é produzido em um mesmo intervalo de tempo.

Nesse aspecto, a climatização — que abarca temperatura, umidade e grau de pureza do ar — pode produzir uma série de complicações no rendimento dos trabalhadores e reduzir a produtividade destes.

As complicações decorrentes de temperaturas muito frias

Temperaturas muito frias impactam negativamente no rendimento dos profissionais, uma vez que:

  • O corpo humano, sob essas condições de temperatura, produz uma série de movimentos involuntários como tremores, que causam erros por dificultarem o uso de equipamentos;
  • Quando seco, o ar frio resseca as vias respiratórias e propicia a disseminação de resfriados, gripes e crises alérgicas, que prejudicam a saúde dos profissionais e acarretam em faltas no trabalho e pouca produtividade;
  • Também provocam irritação nos colaboradores — por todos esses motivos e pelo esforço redobrado de produzir e manter a temperatura corporal. Assim, as chances de desavenças entre a equipe também aumentam.

As complicações decorrentes de temperaturas muito quentes no ambiente

Já em temperaturas muito quentes, os profissionais estão sujeitos a:

  • Maior gasto de energia para perder líquidos e resfriar o corpo;
  • Transpiração desconfortável;
  • Náuseas;
  • Queda na pressão arterial;
  • Maior cansaço e sensação de sonolência.

Todas essas complicações impactam principalmente na concentração dos trabalhadores, que não podem exercer suas atividades com eficiência.

Um bom sistema de climatização para impactar positivamente na produtividade

Para solucionar esses problemas, não basta apenas instalar aparelhos de ar-condicionado pelos locais aleatoriamente, é preciso um planejamento para estabelecer um sistema de climatização otimizado, que seja ideal para as condições das diferentes localidades.

Em vista desses aspectos, um climatizador apresenta mais vantagens do que um ar-condicionado, já que ao mesmo tempo em que ele regula a temperatura, também faz a umidificação dos ambientes e não dissemina as impurezas do ar.

Portanto, é importante considerar as melhores alternativas para garantir o bem-estar e a segurança dos profissionais — principalmente em tempos de combate a doenças respiratórias, como a causada pelo novo coronavírus — ao mesmo tempo em que se assegura a produtividade e, assim, os resultados positivos dos empreendimentos.

Ficou com alguma dúvida ou possui algum apontamento a respeito da importância da climatização na produtividade? Deixe um comentário ou entre em contato conosco por telefone que nós esclarecemos para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *