Sejam dias frios ou quentes, ter a temperatura ideal em casa é sempre uma ótima forma de aproveitar ainda mais o lar. Em períodos como este, em que é necessário o isolamento social, todo o investimento nesse contexto é sempre muito bem-vindo.

Felizmente, para isso, há uma série de medidas que podem ser tomadas: desde influências naturais do próprio clima, passando pela infraestrutura da sua residência, até equipamentos feitos para esse fim.

Sem mais delongas, acompanhe abaixo as 5 dicas para ter a temperatura ideal em casa.

1. Atenção à circulação de ar

Um fator indispensável em qualquer temperatura ambiente é a circulação de ar. Ela promove correntes que passam pela sua casa. Por isso, em ambas as condições térmicas, a estratégia é pontual:

– No calor, abra as janelas e portas que sejam interligadas umas às outras, ou seja, que permitam que o vento entre por um espaço e saia diretamente pelo outro, refrescando o ambiente;

– Já no frio, manter a circulação de ar é indispensável, mas ela precisa ser indireta: abra apenas dos cômodos em que não está, como dos banheiros e quartos, mantendo a temperatura, mas um ar mais puro.

2. Cortinas e tapetes

Dois acessórios indispensáveis na variação térmica. No frio, utilize cortinas grossas, mas abra-as para a entrada de sol durante o dia, fechando no cair da noite; no verão, o processo inverso, fechando-as enquanto estiver sol e abrindo as janelas/cortinas quando escurecer.

Quanto a períodos como outono e inverno, opte por tapetes grossos, principalmente colocados estrategicamente junto com os vãos das portas (além de impedir que o piso esfrie mais ainda). No verão e primavera, tapetes claros ajudam a refletir o calor.

3. Climatizadores residenciais

Uma opção bem adequada até mesmo a casas e apartamentos pequenos são os climatizadores residenciais. Talvez o método mais fácil de todos, eles adaptam a temperatura de acordo com a sua necessidade.

E, o melhor: há modelos que ainda renovam e purificam o ar, principalmente para quem mora em locais onde há muita incidência de poeira. Em complemento, contam com características pontuais para a necessidade dos mais variados perfis residenciais.

4. Isolantes térmicos

Aproveitando a infraestrutura do seu imóvel, é possível instalar um isolante térmico que funciona tanto para o calor, quanto para o frio. Geralmente instalados no teto, são fáceis de adquirir e compor na sua casa, além de durarem muito tempo.

Outra opção é, também, instalar nas paredes, aumentando o controle de temperatura interna. Para estruturas de imóveis que são rígidas, há opções que podem ser complementares em precisar ‘quebrar paredes’.

5. Cobertura verde

Um método natural, esteticamente muito bonito e ainda sustentável. As coberturas verdes são plantas posicionadas nas paredes, telhado ou qualquer parte suspensa da sua casa. Além de ajudarem na temperatura, influenciam diretamente no controle da umidade.

Ou seja: as partículas de água que podem causar uma sensação de ‘mormaço’ ou de ‘ar pesado’ no verão e inverno, respectivamente, são eliminadas com a adoção dessa engenharia natural chamada cobertura verde. Conhecendo como ter a temperatura ideal em casa, deixe um comentário sobre quais medidas você toma em seu lar. Dúvidas? Entre em contato conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *