Uma das maiores preocupações de um gestor é o bem estar de seus colaboradores.

Isso porque eles estão diretamente ligados a produtividade de uma empresa, e a sua saúde e bem estar são a saúde do andamento das tarefas diárias que envolvem um empreendimento.

De alguns anos para cá, foi possível perceber um aumento notável da preocupação das empresas para com a saúde dos funcionários e com o ambiente de trabalho como um todo.

O principal causador dessa atenção e cuidado com os trabalhadores está diretamente ligado à sua produtividade e eficiência.

Um profissional que trabalha em um ambiente agradável, ergonômico e propício para o exercício de sua atividade, com toda a certeza será mais produtivo, realizando o seu serviço com extrema qualidade.

No verão, por exemplo, as empresas buscam por equipamentos que possam amenizar os efeitos do calor, de forma que os profissionais estejam em um ambiente mais agradável e funcional.

Porém, é nesse momento que surge a dúvida: Instalar um climatizador, ventilador ou ar-condicionado.

Qual deles é a melhor opção para a minha empresa?

Este post foi escrito com o intuito de te ajudar a fazer esta escolha.

Boa leitura!

Climatizador

O climatizador Evaporativo, também é conhecido como climatizador industrial ou climatizador de parede.

Sua função é amenizar a temperatura do ambiente por meio da circulação do ar e evaporação da água, aumentando assim a umidade do local.

Essa opção é muito utilizada para espaços amplos, como indústrias e comércios, sendo capaz de reduzir a temperatura do local em até 12ºC.

Além de conseguir reduzir a temperatura do ambiente, os climatizadores também são excelentes na prevenção e controle de problemas respiratórios.

Isso acontece porque esse tipo de equipamento realiza a troca constante do ar, controlando a umidade e evitando que as partículas nocivas à saúde consigam flutuar no ambiente, garantindo a qualidade do ar.

Deve-se ressaltar também que um ambiente com climatizador evaporativo não precisa estar isolado, de portas ou janelas fechadas continuamente.

É possível e recomendado, deixar a sua loja de portas abertas e ter um clima ameno e gostoso no interior dela.

No caso de uma indústria, por exemplo, o pátio de produção não precisa estar isolado das demais áreas para garantir um ambiente climatizado.

É importante destacar que esse tipo de equipamento pode ter seu custo de investimento maior que os demais, mas no longo prazo ele se torna extremamente vantajoso.

Em adição aos fatores já considerados, deve-se lembrar que eles consomem muito menos energia que um ar-condicionado, por exemplo.

Sendo assim, em alguns meses a economia de energia gerada fará o investimento neste equipamento valer muito a pena.

Mas, nem tudo são flores. Como qualquer outro tipo de equipamento, os climatizadores também têm suas desvantagens.

Além do custo de investimento, deve-se dizer que os climatizadores evaporativos não são indicados para locais que precisam operar a temperaturas muito baixas.

Outro ponto negativo é que esse equipamento possui baixa eficiência em regiões muito úmidas.

Então vale a pena colocar na balança e descobrir se um climatizador é de fato a melhor opção para a sua região.

Em locais onde a umidade do ar é muito elevada, o equipamento torna-se menos eficiente também, não sendo capaz de resfriar tanto o ambiente.

Ventilador

Obviamente, você já conhece e já utilizou um ventilador, sabendo que sua principal função é produzir vento por meio de suas pás giratórias.

De acordo com a potência e a velocidade das pás, o ventilador pode diminuir a temperatura ambiente e refrescar tranquilamente um espaço de 20m² com 5 pessoas, por exemplo.

É sabido que para adquirir um ventilador a sua empresa gastará a menor quantia financeira possível para ventilar o ambiente.

É uma opção barata, sendo essa uma das suas maiores vantagens.

A manutenção também é outra vantagem que merece destaque, uma vez que este equipamento é dotado de poucas peças.

Sendo assim, é simples de ser reparado no caso de defeitos e/ou problemas, e também muito mais fácil de higienizar.

Porém, ventiladores são péssimas opções para pessoas que têm problemas respiratórios ou alergia à poeira.

A ventilação provocada ajuda a espalhar as partículas no ar ambiente, direcionando o vento para um único ponto.

Em um ambiente industrial, por exemplo, os ventiladores podem ser os causadores do afastamento de alguns profissionais, devido à problemas de saúde, e isso pode vir a impactar diretamente na produção.

Além disso, esses profissionais se sentirão extremamente desmotivados, uma vez que os ventiladores não são capazes de resfriar o ambiente.

Um ambiente com várias pessoas tende a ter temperaturas mais altas, e o uso de um ventilador não diminuirá o calor, e você como gestor, perceberá que a produtividade e a qualidade entregue pelos funcionários cairá em grandes níveis.

Ar-condicionado

O aparelho de ar-condicionado também é muito utilizado, pois ele possibilita o controle da temperatura ambiente e o conforto térmico.

Seu funcionamento se dá, basicamente, por meio da obtenção de ar quente e a devolução do ar refrigerado.

Um sistema de ar-condicionado é dotado de uma multiplicidade de funções, sendo ele o único aparelho com essa característica.

Deve-se ressaltar também que a sua utilização é boa em ambientes fechados, inclusive é onde ele funciona melhor, pois ele “limpa” o ar em circulação.

Pode-se destacar também que a temperatura do ambiente pode ser reduzida consideravelmente utilizando um equipamento de ar-condicionado, sendo possível baixar em até 16ºC.

Porém, os sistemas de ar-condicionado também apresentam algumas desvantagens.

Um ambiente que tem um ar-condicionado fica mais ressecado que o normal, aumentando a incidência de algumas doenças respiratórias, como bronquite, rinite e sinusite.

Justamente por esta razão, deve-se realizar a limpeza periódica deste equipamento, a fim de evitar a presença de fungos, bactérias e a poeira excessiva.

Outro malefício de se utilizar o ar-condicionado se dá por meio do choque térmico.

O choque térmico, fisicamente falando, ocorre quando um corpo se desloca de um lugar quente para um lugar frio (refrigerado) e vice versa.

Nos seres humanos, o choque térmico pode comprometer a imunidade, o que acaba sendo prejudicial para seus funcionários, e deixando eles expostos a ficar doentes com muito mais frequência que o normal.

Além do mais, para a instalação de um sistema de ar-condicionado em uma indústria, por exemplo, pode ser necessário alterar o padrão de energia do local, o que viria a representar um custo extra.

E falando em custos, o ar-condicionado gasta muita energia para operar corretamente, e isso resulta em um aumento considerável na conta de energia da sua empresa.

Climatizador, ventilador ou ar-condicionado: qual deles escolher?

A resposta depende dos ambientes que você pretende ventilar.

Analisando as principais vantagens e desvantagens dos 3 equipamentos, é preciso tomar uma decisão e escolher uma das opções.

O climatizador evaporativo aparenta ser a melhor opção para a sua indústria.

Apesar do fato de o climatizador em si ser mais caro do que as demais opções, seu custo benefício se reflete em contas de energia com valores menores dos que um ar-condicionado apresenta.

Além do mais,  o mesmo permite que o ambiente de trabalho seja mais agradável por meio da constante renovação do ar, impactando diretamente na produtividade e na qualidade dos produtos, sem esquecer a saúde dos trabalhadores.

Um ponto que não foi destacado é que um ambiente climatizado mantém as pessoas por mais tempo dentro do estabelecimento, diferentemente de ambientes muito quentes ou com ar muito seco. 

Isso torna essa opção ideal também para lojas, supermercados, farmácias, academias, por exemplo.

Analogamente ao ventilador ou ar-condicionado, existem diversas empresas que produzem climatizadores.

Portanto, antes de realizar o investimento, é primordial que você escolha uma empresa experiente nesse mercado e que consiga fornecer um produto que atenda às necessidades do seu negócio.

Coloque todas essas situações na balança e escolha qual dos equipamentos acima é a melhor opção para os seus ambientes!

Climatizador, ventilador ou ar-condicionado: qual escolher?

Um comentário em “Climatizador, ventilador ou ar-condicionado: qual escolher?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *