Com o aumento das temperaturas em praticamente todas as regiões do país, aumenta a procura por formas de refrescar o ambiente. 

Diante do elevado custo de instalação, manutenção e energia do ar condicionado, muitas pessoas têm se interessado pelos climatizadores de ambiente.

Climatizadores são uma alternativa que apresenta uma boa relação custo-benefício.

Eles por vezes custam mais do que o aparelho do ar-condicionado, mas não impactam a conta de luz em altos custos como faz o ar condicionado.

Existem diversos tipos diferentes de climatizador e é preciso conhecer cada um para fazer uma boa escolha. 

Neste post, vamos apresentar o climatizador evaporativo e o climatizador por aspersão, explicando o funcionamento e as vantagens de cada um deles. Confira!

Climatizador evaporativo

O climatizador evaporativo possui uma tecnologia que resfria o ar a partir da evaporação da água a frio. 

Neste processo, o climatizador renova o ar do ambiente, pois o equipamento puxa o ar do ambiente, resfria e umidifica.

Com isso, a redução da temperatura do ambiente pode chegar a 12 graus, o que é um grande alívio nos dias mais quentes.

Vantagens e desvantagens do climatizador evaporativo

O climatizador evaporativo é uma alternativa interessante para quem quer combater o calor do verão sem aumentar demais os custos mensais da conta de luz. 

Em termos de energia elétrica, o consumo é 90% menor do que um ar condicionado comum.

Além disso, o climatizador evaporativo tem instalação mais barata e também pode ser utilizado para umidificar o ar em regiões mais secas. 

Outra vantagem do climatizador evaporativo é que ele não requer que o ambiente fique fechado, proporcionando uma renovação do ar e permitindo manter janelas e portas abertas. 

Para ambientes como lojas e restaurantes, o climatizador evaporativo é ideal, pois ajuda a neutralizar odores, garantindo um ambiente mais agradável para seu cliente, e para sua equipe. 

Porém, o climatizador evaporativo pode não ser a melhor opção em alguns casos.

Em lugares onde a umidade do ar é elevada, o equipamento torna-se menos eficiente e não é capaz de resfriar tanto o ambiente.

Além disso, seu uso é restringido em determinados ambientes industriais.

Climatizador por aspersão

Outro tipo de climatizador que pode ser utilizado para tornar a temperatura ambiente mais agradável é o climatizador por aspersão, que cria uma névoa de água para refrescar o ambiente. 

Este tipo de equipamento é indicado para uso ao ar livre, em áreas externas e em ambientes com o pé-direito mais alto.

O resfriamento se dá a partir da produção de uma névoa que rapidamente se dissipa no ar. 

A eficiência na redução da temperatura depende da umidade relativa do ar.

Quanto mais seca for a região, mais eficiente é o climatizador por aspersão.

As desvantagens deste equipamento são:

  • A necessidade de possuir um ambiente com pé-direito alto, pois, caso contrário, a névoa não se dissipará adequadamente e pode acabar molhando o chão;
  • O excesso de umidade, que pode acontecer tanto devido a umidade relativa do ar como devido ao uso em ambientes fechados, que não é indicado. 

Além do mais, o custo de manutenção é superior ao climatizador evaporativo, pois é necessário limpar os bicos com frequência para evitar entupimentos.

Conclusão

Os climatizadores de ar possuem várias vantagens e funcionam muito bem para manter o ambiente mais fresco mesmo nos dias de calor intenso. 

Para a escolha do equipamento deve se levar em consideração o local de instalação e até mesmo as condições climáticas da região, pois o climatizador evaporativo e o climatizador por aspersão são mais eficientes em locais mais secos.

Avalie seus ambientes e escolha o climatizador que trará mais vantagens para o seu tipo de ambiente. 

Ficou com alguma dúvida? Conte com a equipe da Climabrisa.

Somos especialista e estamos prontos para ajudar você a escolher o melhor climatizador, para o seu tipo de ambiente!

Climatizador evaporativo e por aspersão – entenda as diferenças

2 Comentários em “Climatizador evaporativo e por aspersão – entenda as diferenças”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *