O ar condicionado, sem dúvida, é um item indispensável em vários segmentos, e não apenas por uma questão de qualidade de vida.

Em alguns setores, ele é extremamente necessário para a saúde e integridade de quem está em um ambiente de trabalho.

A necessidade é tão latente que existem normas de trabalho para que sejam cumpridas pelas empresas, por lei, para o bem-estar dos seus funcionários.

Entretanto, não é raro que empresários e administradores, de um modo geral, fiquem confusos quanto à maneira de colocar um ar condicionado em seu ambiente de trabalho.

Fatores como custos, eficiência e a própria possibilidade de uso, são alguns dos que deixam o gestor preocupado com essa questão.

Isso porque nem todos os ambientes podem receber os aparelhos.

A fim de sanar sanar suas dúvidas, vamos considerar o uso do ar condicionado em dois grandes ambientes de trabalho: na indústria e no comércio.

Vamos entender melhor como isso funciona na prática? Boa leitura!

Onde o ar condicionado é mais benéfico?

De forma direta, o ar condicionado oferece vantagens e benefícios para ambos os setores.

Porém, tanto o segmento comercial como industrial possuem particularidades que pedem por especificações no uso dos aparelhos.

Afinal, ambos os ambientes são bastante diferentes e possuem características que podem influenciar no desempenho do aparelho.

Mesmo que exista uma preocupação relativo aos custos de compra e manutenção, as vantagens são compensadas.

Elas se apresentam na melhora do ambiente, na qualidade do serviço empregado pelos funcionários, e até mesmo nos cuidados com os equipamentos.

Para salientar melhor o que cada ambiente pede, vamos entender por partes como o ar condicionado pode ser uma ótima opção em ambos os setores.

O ar condicionado na indústria

Nos segmentos industriais ele não só é importante, como necessário.

Muitos equipamentos dependem de ambientes bem climatizados para que tenham maior durabilidade, assim como determinados produtos.

Obviamente, a segurança e o bem-estar dos funcionários é a prioridade.

Porém, os responsáveis pelo local devem considerar o ar condicionado como parte dos custos iniciais e regulares para manter o seu local de trabalho.

Além de climatizar o ambiente e tornar seus equipamentos mais duráveis, alguns segmentos dependem do ar condicionado para serem viáveis quanto a qualidade dos seus produtos e serviços.

Na indústria farmacêutica, por exemplo, a umidade e a temperatura devem estar alinhadas perfeitamente com a higienização do local.

Enquanto na indústria têxtil, a qualidade do algodão e de outras matérias-primas dependem de uma boa climatização.

Como instalar um ar condicionado no setor industrial?

Além de um modelo robusto e instalado em um local de fácil manutenção e acesso, é necessária toda a adaptação do ambiente para receber o ar condicionado.

Isso significa que, caso o ambiente não tenha dutos de ar, será preciso fazer a instalação.

Eles facilitam a transição do ar refrigerado tanto para os equipamentos, como para os funcionários.

Uma alternativa para o caso de ambientes menores, mas que dependem de maquinários e outros equipamentos pesados, é ter mais de uma opção de ar condicionado.

Um com mais BTUs e ventilação específica para os aparelhos, e um  outro para circulação dos funcionários.

O custo pode ser um pouco maior, mas como ressaltamos, ele é facilmente compensado com a maior produtividade dos trabalhadores, que estarão em um ambiente adequado.

O ar condicionado no comércio

Enquanto o setor industrial pede por modelos mais pesados para atender as necessidades de equipamentos e funcionários, o ar condicionado no setor comercial é mais versátil para gestores.

Isso se dá graças a maior variedade de segmentos, locais e as condições de cada um.

O dono de um estabelecimento deve considerar outro fator muito importante: as aberturas.

Como a loja tem sua porta constantemente aberta e fechada, é necessário uma cortina de ar para evitar a perda de ar refrigerado para o ambiente externo.

Caso contrário o aparelho vai operar com ainda mais intensidade e gastar muito mais energia.

Tomar cuidado com a fachada também é essencial, assim como colocar películas nos vidros.

Todos esses detalhes ajudam a manter o ambiente refrigerado e agradável para funcionários e clientes.

Destacamos que durante o verão, eles são ainda mais essenciais para os ambientes em questão.

Como investir em um aparelho?

A compra de um ar condicionado depende de três fatores:

  • O tamanho do ambiente coberto;
  • A circulação de pessoas no lugar;
  • O fluxo de ar, que diz respeito também a quantidade de objetos no local.

O ar condicionado split, colocado no teto do local, costuma ser a opção mais popular pela maior variedade de cálculo de BTU.

Além do mais, ele ajuda a cobrir boa parte dos ambientes residenciais, comerciais e industriais.

Porém, existem opções tão viáveis quanto, e até mais econômicas. Confira as opções a seguir:

Split Piso Teto

Como o nome sugere, ele pode ser instalado tanto no teto como piso de um ambiente.

Ele é bastante indicado para os setores comerciais e empresariais.

O ideal é utilizar em como escritórios pequenos, por exemplo.

Eles também podem ser inclusos em ambientes industriais com grandes quantidades de equipamentos, inclusive sendo mais fácil de manter os aparelhos.

Cassete

É indicado para bares, restaurantes, e estabelecimentos comerciais com um grande fluxo de pessoas.

Ele pode ser instalado no teto, mas sem necessariamente ficar em algum canto específico.

Isso garante uma cobertura muito mais ampla, e inclusive pode ser adicionado como parte da decoração.

Split Duto

É a indicação ideal para ambientes como shoppings, galerias, e indústrias de instalações extensas.

Eles são recomendados por cobrirem a maior quantidade possível de ambientes nas mesmas temperaturas, além da possibilidade de instalar uma rede de dutos que facilitem a circulação do ar.

Esta opção pode ser instalada de forma bem discreta.

Inverter

Não é um modelo específico, mas sim um recurso encontrado em alguns dos modelos citados acima.

O inverter é um modelo que permite tanto a refrigeração de um ambiente, como o aquecimento do mesmo.

Modelos com esse recurso podem ser um pouco mais dispendiosos do que a média, mas são os mais versáteis para climatizar o ambiente.

Como escolher o modelo ideal?

Com todas informações disponíveis, você agora pode escolher o seu modelo de ar condicionado com muito mais facilidade.

Observe as vantagens que eles oferecem tanto para o setor comercial como industrial.

No setor Industrial, é sempre melhor optar por soluções mais econômicas e práticas, como o Climatizador, por exemplo.

Geralmente, pela presença de maquinário ou estoques de mercadorias, industrias apresentam temperaturas mais altas e baixa circulação de ar.

Justamente por isso, a instalação de um climatizador é a chave para tornar o ambiente mais agradável para seus colaboradores. 

E por amenizarem o calor, elevam a produtividade, reduzem os erros, o risco de acidentes e os afastamentos dos colaboradores por problemas de saúde advindos da climatização incorreta dos ambientes

Além de ser muito mais econômico do que o ar condicionado, o climatizador apresenta baixo custo de implementação.

Conheça as opções que a Climabrisa oferece acessando nosso site!

Ar condicionado: é a melhor opção para a indústria ou comércio?
Ar condicionado: é a melhor opção para a indústria ou comércio?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *