O mundo contemporâneo vem trazendo novas prioridades para as pessoas. Antigamente, era muito comum ver um profissional ficar 20, 30, talvez até 40 anos trabalhando em uma mesma organização. Porém, a prioridade dos dias atuais é outra.

Atualmente, vemos os profissionais buscando, cada vez, mais um equilíbrio entre a vida pessoal e o trabalho, procurando sempre uma melhor qualidade de vida. É comum, inclusive, vermos trabalhadores bem sucedidos desistindo de empregos excelentes pelos motivos mais diversos.

O ambiente de trabalho é um dos fatores citados como fundamental para a qualidade de vida e o bem-estar dos profissionais. Uma atmosfera estável permite que o estresse do dia a dia seja minimizado, fazendo da sua indústria/escritório um local agradável para se trabalhar.

No setor da indústria, o ambiente de trabalho é fundamental para que a empresa consiga cumprir com as metas e marcos estipulados. Excesso de calor, má iluminação, conflitos internos e outros fatores são causadores de desperdícios e prejuízos para as indústrias em geral. Criar um ambiente de trabalho funcional, que influencie positivamente na produtividade industrial, não é nada fácil.

Então, quer saber como resolver esse tipo de problema? Continue a leitura deste artigo e conheça algumas dicas para melhorar o ambiente de trabalho industrial, beneficiando todos os envolvidos.

1. Administração de conflitos

As empresas, por mais tecnológicas e dotadas de máquinas que sejam, são formadas por pessoas. Seus processos e suas atividades diárias podem ser realizadas pelos equipamentos mais modernos, mas eles precisam ser operados.

Sendo assim, atuar com as melhores práticas em gestão de pessoas é fundamental. Um líder eficaz deve ter habilidades suficientes e conhecer toda sua equipe para prover o melhor ambiente de trabalho possível.

Cada pessoa tem suas características, costumes, opiniões e manias. No mundo corporativo, essas questões podem ser causadoras de conflitos, gerando discussões improdutivas e desnecessárias. Um bom gestor de projetos deve ser capaz de aparar as arestas, garantindo que a indústria mantenha sempre o seu funcionamento normal.

Um fator que pode ser provocativo de discussões é o estresse do dia a dia. Excesso de cobrança, trabalho demasiado, e outros fatores, podem ser os causadores do estresse, prejudicando toda sua equipe. Se atente para essas questões e busque conversar com os integrantes de seu time, verificando sempre se há algo que possa ser melhorado, diminuindo os conflitos e os problemas internos.

2. Comunicação interna

Outro fator que impacta diretamente na qualidade e na produtividade de seus profissionais é a comunicação interna. É comum encontrarmos “ruídos” nas comunicações, que podem afetar a transmissão de uma informação.

É necessário que o gerente industrial verifique os possíveis gargalos no processo da comunicação e procure erradicá-los. É imprescindível que ele garanta sempre que a informação que ele desejou repassar foi 100% compreendida pelo receptor.

Além disso, é importantíssimo que ele certifique se os e-mails enviados foram recebidos e compreendidos, e se as mensagens deixadas por telefone foram repassadas, garantindo, assim, que todo o processo de comunicação ocorra sem maiores problemas.

3. Controle da temperatura e umidade

A temperatura e a umidade de um ambiente industrial são fatores imprescindíveis para proporcionar um ambiente de trabalho agradável. Seja pelo excesso de calor ou de frio, ambos os extremos podem ser prejudiciais para a produtividade dos trabalhadores.

Temperaturas muito altas e mais o excesso de umidade podem causar sonolência, cansaço e moleza. Além do eminente déficit na produção, a sua empresa estará correndo riscos no âmbito da segurança do trabalho. Um profissional cansado pode impactar diretamente nas suas atividades, chegando a provocar acidentes de trabalho.

Já as temperaturas baixas, aliadas ao ar seco, são causadoras de distrações, deixando os profissionais dispersos e desatentos. Analogamente ao excesso de calor, as temperaturas baixas são sinônimos de baixa produtividade e riscos à segurança das operações. Ou seja, a temperatura e a umidade do ambiente de trabalho são fatores fundamentais para o sucesso de sua produção.

Nossa dica é: invista em climatizadores. Estes equipamentos são capazes de manter o ar em constante renovação, eliminando partículas nocivas à saúde dos profissionais. A constante troca e renovação do ar ambiente permite que a umidade seja controlada, atingindo níveis adequados para o trabalho humano e possibilitando uma redução na temperatura em até 12ºC.

Além disso, os climatizadores evaporativos, apesar de serem mais caros, gastam menos energia que os sistemas de ar condicionado, o que é muito bom em longo prazo. Os sistemas de ar condicionado, em contrapartida, deixam o ambiente muito ressecado, favorecendo crises de rinite, bronquite e sinusite, levando a qualidade do ar a níveis impróprios para o ambiente de trabalho.

É válido lembrar, também, do “choque térmico” que pode ocorrer, baixando a imunidade dos usuários. Sendo assim, apesar de muito comum, os sistemas de ar condicionado podem ser extremamente prejudiciais para a saúde dos colaboradores, bem como trazer prejuízos para a sua indústria.

4. Boa iluminação

A iluminação do ambiente de trabalho também é um fator que deve ser analisado. Uma boa iluminação é aquela que a intensidade da luz permite uma boa visibilidade. Assim como a temperatura e a umidade, o equilíbrio é a fonte do sucesso.

Um ambiente muito iluminado não é sinônimo de um ambiente adequado. O excesso de luz pode gerar uma grande sensação de desconforto e, além disso, pode provocar danos à saúde dos trabalhadores.

Já a falta dela é prejudicial pelo fato de obrigar os profissionais a forçarem sua visão para tentar enxergar a tela do computador ou os botões das máquinas que operam. É necessário lembrar que a claridade ideal é fundamental para garantir a segurança do processo de produção, bem como dos profissionais envolvidos.

Deve-se ressaltar que a claridade pode interferir diretamente na disposição e saúde dos funcionários, mais uma vez afetando diretamente a produtividade e a produção de sua indústria. Se atente a essa questão e busque a luminosidade ideal para o seu negócio.

Melhoras no ambiente de trabalho

A revista Você S/A criou um ranking, atualizado anualmente, com as melhores empresas para se trabalhar. O ambiente de trabalho é um dos principais fatores avaliados. A interação do funcionário com seu superior e seus subordinados, o excesso de trabalho, a gestão de pessoas, a comunicação interna e a gestão de recursos humanos, são alguns dos diversos fatores levados em consideração na avaliação.

Para melhorar o ambiente de trabalho na sua indústria é fundamental que você procure conversar com todos os profissionais para saber o que pode ser melhorado e, quem sabe, como solucioná-los.

Ficar sentado na sua mesa é muito fácil. Então, procure andar por todos os setores onde você é o responsável, garantindo que todos os profissionais estejam satisfeitos e felizes com o clima industrial. Fazendo isso, a sua empresa terá ganhos surpreendentes em termos de produtividade e de qualidade do serviço prestado. Pense nisso!

E aí? Gostou do nosso artigo? Se quiser permanecer bem informado sobre esse assunto, assine nossa newsletter!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *